Notícias

Nova tecnologia dá mais segurança em cirurgias de catarata

A maior precisão dá-se devido a todo um estudo traçado antes da cirurgia. Segundo o oftalmologista Carlos Figueiredo, especialista em íris e catarata, de Rio Preto, e que também é vice-presidente da Sociedade Brasileira de Catarata, o planejamento é tridimencional e conta com as medidas e imagens exatas da córnea e do cristalino para as incisões a laser. No método tradicional, as incisões são manuais.

A catarata é uma doença ocular que afeta a lente natural do olho, chamado de cristalino, que foca as imagens, sendo a maior responsável pela cegueira. Levantamento da Organização Mundial de Saúde (OMS) aponta que o Brasil possui 350 mil cegos devido à catarata. No mundo todo, são 18 milhões.
A cirurgia de catarata é necessária porque não há outro tratamento para a doença. Uma vez que o cristalino adoece, é necessário removê-lo para substituir por um artificial. Com o laser, a cirurgia inteira é programada, do início ao fim. “A única opção é a cirurgia. No procedimento, é retirado o cristalino danificado e em seu lugar é implantado uma lente intraocular artificial”, explica Figueiredo.
“Faz a incisão da córnea, recorta o cristalino e fragmenta tudo a laser para depois entrar com o aspirador de fragmentos. Isso dá uma segurança muito grande para o cirurgião e paciente”, acrescenta o oftalmologista Alfredo Trajan, de São Paulo. Se comparado com um procedimento tradicional, Trajan afirma que o LenSx tem mais de 95% de precisão. Encontrado em algumas capitais e em Rio Preto, o LenSx está sendo usado exclusivamente para cirurgias de catarata. Futuramente, o laser deverá ser usado também para transplantes oculares.
O tempo da cirurgia também é menor. Em média, uma cirurgia de catarata convencional demora de 20 a 25 minutos. Com o laser mais moderno, o operatório é de 15 minutos. A recuperação visual também é mais rápida e acontece de 48 a 72 horas. “O paciente pode voltar às atividades normais nas primeiras 24 horas. Vê-se hoje que temos população em atividade (com catarata) e elas não podem ficar afastadas uma semana como antes a correção da doença requeria”, destaca o oftalmologista de São Paulo.
Polimento
Após a cirurgia, a catarata não retorna porque a doença ataca o cristalino, que é a lente natural do olho. Com a substituição por uma artificial, a doença não volta a se manifestar. No entanto, em 2% dos pacientes que se submetem ao procedimento a lente artificial pode criar uma película que dificulta a visão, conta o oftalmologista Alfredo Trajan. Nesse caso, é necessário uma limpeza a laser, como se fosse um polimento, que é indolor e dura apenas alguns minutos.
O oftalmologista Carlos Figueiredo destaca que essa nova cirurgia a laser é muito automatizada, mas alguns processos dependem da experiência médica. Um ponto é a emulsificação do cristalino – ou microfragmentação do cristalino -, que depende do controle do cirurgião.
‘Todos nós teremos catarata’, diz médico
A catarata tem como causa principal e natural o processo de envelhecimento e, por isso, o tipo mais comum é a senil. A dificuldade para ver o que está mais longe é o sintoma inicial da doença. “A catarata faz parte do processo de envelhecimento do corpo, portanto, não há como evitá-la. Todos nós teremos catarata em algum grau ao longo da vida. Porém, para tentar protelar o surgimento desta doença é fundamental o uso de óculos de sol com proteção aos raios ultravioletas”, orienta o oftalmologista Carlos Figueiredo.
Quando a doença avança, os próximos sintomas são de visão turva, como uma espécie de nevoeiro para enxergar. Mas se o diagnóstico demora e a cirurgia, convencional ou a laser, não é realizada, a catarata continua evoluindo até provocar a cegueira. A perda da visão, no caso da catarata, porém, é reversível.“A cirurgia devolve a visão mesmo nos casos mais avançados. Mas é importante ressaltar que quando antes a doença for detectada e tratada menos a pessoa vai sofrer com a dificuldade de enxergar”, diz.

fonte: http://www.diarioweb.com.br/novoportal/Noticias/Saude/153761,,Nova+tecno…

Share Button

Deixe sua resposta

*